Nas duas últimas semanas, apresentei dez personagens, digamos, inusitados do futuro da DC Comics (Rapaz-Clorofila? Moça-Contagiosa? Oi?).

Trata-se de um século 30 (ou 31), onde o simples fato de você nascer em um planeta já te dá superpoderes. Por exemplo, quem nasce em Zwen pode virar pedra. Uau! Um poder! Que legal! Mas… Se você está completamente imóvel, como isso vai te ajudar a impedir um crime?

A Legião dos Super-Heróis, principal entidade heroica dessa época, seleciona os melhores para suas fileiras (sim, há exceções). Mas o que acontece com os outros? Com os… rejeitados?

Enfim, separei mais cinco entidades desse futuro inocente e quase bobo, mas muito divertido.

Legião dos Heróis Substitutos (Legion of Substitute Heroes) – A Legião dos Super-Heróis não os aceitou, mas eles são guerreiros e não desistem nunca! Surgiu, assim, a Legião dos Substitutos! Se você precisa de um herói de verdade, mas não tem nenhum por perto, eles vão ter que servir: Pétreo (que pode virar pedra…); Rapaz-Clorofila, Moça-Contagiosa, Rapaz das Cores...

Legião dos Super-Monstros (Legion of Super-Monsters) – Já mencionei que amo os nomes dos vilões da Legião? Pois bem… Um pretenso herói chamado Rei das Selvas tentou ser aceito na Legião pois tinha o poder de comandar os animais. Na hora de demonstrar suas capacidades, deu tudo errado, e os animais saíram atacando inocentes que estavam por perto. Ele, lógico, não foi aceito na Legião.

O que ele fez? Recrutou um monte de monstrengos e saiu por aí cometendo crimes…

Ponto positivo para a criatividade dos nomes dos integrantes da Legião dos Super-Monstros: Besta da Broca, Criatura do Gás, Monstro do Espelho, Supergiratório

Saltador (Bouncing Boy) – o cara parece um baiacu humano… infla, fica esférico e sai pulando por aí. Mas como o que realmente importa é a criatividade do roteirista, e o divertido Saltador acabou se tornado um dos mais importantes membros da Legião dos Super-Heróis! Quem diria?

Legião dos Bizarros Letárgicos (Legion of Stupor-Bizarros) – Achei que nada poderia superar a Legião dos Super-Monstros… E aí… 🙂

O Bizarro é um dos personagens mais engraçados da mitologia do Superman. Ele vem de outra dimensão, onde a Terra é quadrada e os moradores são os opostos de suas contrapartes no universo tradicional. Por exemplo: O Flash Bizarro é lento, o Aquaman Bizarro não sabe nadar etc…

E aí vem a Legião dos Bizarros Letárgicos… Consegue imaginar? São super-heróis, #sqn. É o caso do Cósmico Bizarro, Satúrnia Bizarra, Relâmpago Bizarro

Rapaz-Proscratinação (Procrastination Lad) – em uma das múltiplas homenagens à Legião, fomos apresentados à Legião dos Super Teens – intencionalmente satírica. Um de seus membros é o Rapaz-Protelador, que não aparece na história porque… está atrasado. Sério.

Please follow and like us:

Escrito por

Pedro Cirne

Meu nome é Pedro, nasci em 1977 em São Paulo e sou escritor e jornalista - trabalho na Argus Media e escrevo sobre quadrinhos na TV Cultura.
Lancei dois livros: o primeiro foi "Púrpura" (Editora do Sesi-SP, 2016), graphic novel que eu escrevi e que contou com ilustrações 18 artistas dos oito países lusófonos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Este álbum contemplado pelo Bolsa Criar Lusofonia, concedido a cada dois anos pelo Centro Nacional de Cultura de Portugal.
Meu segundo livro foi o romance "Venha Me Ver Enquanto Estou Viva”, contemplado pelo Proac-SP em 2017 e lançado pela Editora do Sesi-SP em dezembro de 2018.
Como jornalista, trabalhei na "Folha de S.Paulo" de 1996 a 2000 e no UOL de 2000 a 2019.

Quer falar comigo, mas não pelos comentários do post? OK! Meu e-mail é pedrocirne@gmail.com

LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/pedro-cirne-563a98169