“Peanuts”, com Snoopy e Charlie Brown à frente, é uma das tiras mais fofas que já existiu.

 “Watchmen” é uma das mais pesadas (e melhores) histórias de super-heróis já publicada.

O que essas HQs têm em comum? Nada. Mesmo assim, no distante ano de 2008, o artista norte-americano Evan “Doc” Shaner resolveu misturar os personagens em uma homenagem.

O resultado, como você pode ver acima, ficou… fofo.

Não sei se Charles Schulz gostaria de ver seus lindos personagens, que vivem na fria e calma Minneapolis, associados ao universo tenebroso criado por Alan Moore e David Gibbons e o massacre horroroso que acontece em Nova York.

Por outro lado, Snoopy, que usa a sua imaginação para viver aventuras como o Dançarino Mundialmente Famoso, o Jogador de Hóquei Mundialmente Famoso e o Caixa de Supermercado Mundialmente Famoso, talvez aprovasse.

Ele não batizou os personagens, mas podemos fazer um exercício de imaginação, não?

Rorschach + Snoopy = Vigilante Mundialmente Famoso

Charlie Brown + Dr. Manhattan = Dr. Minneapolis

Coruja + “Chiqueirinho” = Coruja Suja

Linus + Comediante = Não Ria do Meu Cobertorzinho

Lucy + Espectral = Lucy Espectral

Ozymandias + Schroeder = Pianista Púrpura

Please follow and like us:

Escrito por

Pedro Cirne

Meu nome é Pedro, nasci em 1977 em São Paulo e sou escritor e jornalista - trabalho na Argus Media e escrevo sobre quadrinhos na TV Cultura.
Lancei dois livros: o primeiro foi "Púrpura" (Editora do Sesi-SP, 2016), graphic novel que eu escrevi e que contou com ilustrações 18 artistas dos oito países lusófonos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Este álbum contemplado pelo Bolsa Criar Lusofonia, concedido a cada dois anos pelo Centro Nacional de Cultura de Portugal.
Meu segundo livro foi o romance "Venha Me Ver Enquanto Estou Viva”, contemplado pelo Proac-SP em 2017 e lançado pela Editora do Sesi-SP em dezembro de 2018.
Como jornalista, trabalhei na "Folha de S.Paulo" de 1996 a 2000 e no UOL de 2000 a 2019.

Quer falar comigo, mas não pelos comentários do post? OK! Meu e-mail é pedrocirne@gmail.com

LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/pedro-cirne-563a98169