Um local para conversar sobre mangás, super-heróis, bandas desenhadas, historietas, underground comix, pichas e, claro, HQs brasileiras

Exibindo: 1 - 5 de 5 RESULTADOS
Underground comix

“Metamaus”, livro que disseca o icônico “Maus”, está em pré-venda

É chato ler um texto que começa com hiperlativos, né? Parece que o autor está deslumbrado. E se esse recurso for usado por muitas vezes, ele se banaliza: tudo vira “clássico”, “icônico”, “incontornável”… “Maus”, de Art Spiegelman, é “clássico”, “icônico” e “incontornável”. Trata-se da única história em quadrinhos que venceu o Prêmio Pulitzer, no distante …

Mangás e asiáticos Underground comix

Defender o nazismo é imbecil e criminoso. Estas HQs ajudam a entender por que

É imbecil e criminoso defender o nazismo. Dito isto, estou há dois dias lendo notícias sobre isso, e desacreditanto. Aproveito para apresentar um “guia de leitura” por aqui: a trilogia “Berlim”, “Recado a Adolf” e os dois volumes de “Maus” Se você sentir que ainda tem mais a aprender (e sempre temos), vá atrás de …

BDs (europeus) Historietas argentinas Historietas argentinas HQs nacionais Mangás e asiáticos Pichas (africanos) Super-heróis Underground comix

Sandman, Mafalda, Asterix: 20 HQs internacionais que me influenciaram

Ontem eu expus aqui no Hábito de Quadrinhos uma lista com dez quadrinhos nacionais que me marcaram – fruto de um desafio de Facebook. Adoro listas. Então, hoje publico a versão internacional da lista de ontem: são quadrinhos internacionais que me influenciaram. As regras do desafio original eram: “Sem ordem cronológica, sem explicações, sem críticas, …

BDs (europeus) HQs nacionais Mangás e asiáticos Underground comix

Uma lista de 4 HQs para refletirmos sobre a democracia

Alguns dias atrás eu estava pensando em fotos para colocar no Instagram e me toquei de uma coisa: sinto cada vez mais a necessidade de estudar e refletir sobre democracia. Por isso, hoje vou sugerir quatro quadrinhos, completamente diferentes entre si, sobre esse tema: um brasileiro, um europeu, um norte-americano e um mangá. “Democracia”, de …