Ontem, comentei no Sugestões de Sábado da qualidade dos quadrinhistas espanhóis. Felizmente, as editoras brasileiras estão investindo neles. Para minha felicidade, posso comentar aqui no Duas Dicas Dominicais, sessão dedicada a novidades, os lançamentos de dois grandes artistas: Paco Raco e Miguelanxo Prado.

A Casa”, de Paco Roca

Três irmãos voltam para a casa onde passaram sua infância. O objetivo é limpar o imóvel e colocá-la à venda. Mas famílias têm suas memórias e eventuais cicatrizes, e um encontro como este pode trazer sentimentos à tona.

Tangências”, de Miguelanxo Prado

Em 2020, publiquei uma série de artigos sobre aqueles que, na minha opinião, são os 15 maiores quadrinistas em atividades no mundo. Um deles é o sensível e talentoso espanhol Miguelanxo Prado. “Tangências” é uma coletânea de oito histórias curtas que têm um ponto em comum: os relacionamentos

Please follow and like us:

Escrito por

Pedro Cirne

Meu nome é Pedro, nasci em 1977 em São Paulo e sou escritor e jornalista - trabalho na Argus Media e escrevo sobre quadrinhos na TV Cultura.
Lancei dois livros: o primeiro foi "Púrpura" (Editora do Sesi-SP, 2016), graphic novel que eu escrevi e que contou com ilustrações 18 artistas dos oito países lusófonos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Este álbum contemplado pelo Bolsa Criar Lusofonia, concedido a cada dois anos pelo Centro Nacional de Cultura de Portugal.
Meu segundo livro foi o romance "Venha Me Ver Enquanto Estou Viva”, contemplado pelo Proac-SP em 2017 e lançado pela Editora do Sesi-SP em dezembro de 2018.
Como jornalista, trabalhei na "Folha de S.Paulo" de 1996 a 2000 e no UOL de 2000 a 2019.

Quer falar comigo, mas não pelos comentários do post? OK! Meu e-mail é pedrocirne@gmail.com

LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/pedro-cirne-563a98169