O Hábito de Quadrinhos ainda é um bebê: são apenas cinco meses de vida. Mesmo assim, já ganhou filhotes no Instagram, no Twitter e no Facebook. Agora, nasce um irmão: uma coluna semanal no site da TV Cultura.

A ideia, claro, é falar sobre quadrinhos. Quais? Os mesmos que você vê no menu aqui em cima: nacionais, mangás e asiáticos, super-heróis, BDs (europeus), comics e underground comix, pichas (africanos) e historietas argentinas. Ou seja, todos! O universo das HQs é, felizmente, vasto, e tem espaço para tudo. Do escapismo puro e simples ao conteúdo reflexivo, do humor infantil ao introspectivo, da ficção científica ao jornalismo.

Se você está vindo ao Hábito de Quadrinhos pela primeira vez, não custa nada contar que temos três sessões fixas:

  • Quadrinho Falado: às sextas, meu amigo Eduardo Pereira nos traz notícias e comentários sobre as adaptações de quadrinhos para cinema, TV e onde mais for interessante;
  • Sábado Sessão Saudade: sugestões de obras que têm algo em comum, mas são completamente diferentes entre si – por exemplo, um mangá, uma HQ de super-heróis e uma banda desenhada (europeia) que abordem o mesmo tema;
  • Duas Dicas Dominicais: dedicada a novidades, sejam lançamentos ou relançamentos – contanto que sejam bacanas, claro.

E sinta-se à vontade para acompanhar a coluna, toda segunda-feira, no site da TV Cultura. Vida longa aos quadrinhos – e a todas as formas de arte!

Please follow and like us:

Escrito por

Pedro Cirne

Meu nome é Pedro, nasci em 1977 em São Paulo e sou escritor e jornalista - trabalho na Argus Media e escrevo sobre quadrinhos na TV Cultura.
Lancei dois livros: o primeiro foi "Púrpura" (Editora do Sesi-SP, 2016), graphic novel que eu escrevi e que contou com ilustrações 18 artistas dos oito países lusófonos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Este álbum contemplado pelo Bolsa Criar Lusofonia, concedido a cada dois anos pelo Centro Nacional de Cultura de Portugal.
Meu segundo livro foi o romance "Venha Me Ver Enquanto Estou Viva”, contemplado pelo Proac-SP em 2017 e lançado pela Editora do Sesi-SP em dezembro de 2018.
Como jornalista, trabalhei na "Folha de S.Paulo" de 1996 a 2000 e no UOL de 2000 a 2019.

Quer falar comigo, mas não pelos comentários do post? OK! Meu e-mail é pedrocirne@gmail.com

LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/pedro-cirne-563a98169