A Dark Horse, uma das maiores editoras de quadrinhos dos EUA, fechou contrato com o estúdio africano YouNeek para publicar dez de suas graphic novels.

O YouNeek Studios é comandado pelo artista nigeriano . Eles criam, além de HQs, animações – abaixo, você pode ver o teaser de uma delas.

Okupe e sua equipe já criaram seu próprio universo de super-heróis. Duas dessas sériesestão entre os primeiros títulos a serem publicados pela Dark Horse: “Iyanu: Child of Wonder” (“Iyanu: Filha da Maravilha”, em tradução livre; a imagem que abre este texto é desta série) e “Malika: Warrior Queen” (“Malika: Rainha-Guerreira”; a ilustração logo abaixo é dela).

Como fã de quadrinhos, e como filho de africano (<3 Angola), torço para que este e outras HQs do continente cheguem ao Brasil.

Please follow and like us:

Escrito por

Pedro Cirne

Meu nome é Pedro, nasci em 1977 em São Paulo e sou escritor e jornalista - trabalho na Argus Media e escrevo sobre quadrinhos na TV Cultura.
Lancei dois livros: o primeiro foi "Púrpura" (Editora do Sesi-SP, 2016), graphic novel que eu escrevi e que contou com ilustrações 18 artistas dos oito países lusófonos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Este álbum contemplado pelo Bolsa Criar Lusofonia, concedido a cada dois anos pelo Centro Nacional de Cultura de Portugal.
Meu segundo livro foi o romance "Venha Me Ver Enquanto Estou Viva”, contemplado pelo Proac-SP em 2017 e lançado pela Editora do Sesi-SP em dezembro de 2018.
Como jornalista, trabalhei na "Folha de S.Paulo" de 1996 a 2000 e no UOL de 2000 a 2019.

Quer falar comigo, mas não pelos comentários do post? OK! Meu e-mail é pedrocirne@gmail.com

LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/pedro-cirne-563a98169