Nós, fãs do gênero dos super-heróis, vamos passar as próximas semanas assistindo ao seriado “Falcão e o Soldado Invernal” – ou, para quem não assina o Disney+, pelo menos sendo bombardeado com notícias da série. Então, quis pegar o Duas Dicas Dominicais de hoje para apresentar histórias recentes deles – infelizmente, não achei nada tão novo assim, mas dá para ter noção de para onde eles já caminharam no Universo Marvel.

Vingadores & X-Men: Eixo”, por vários autores

Quase 250 páginas de uma sopa de tudo que envolve o Caveira Vermelha (inimigo umbilical do Capitão América) e o professor Xavier (líder dos X-Men) e dezena de heróis de títulos diferentes: Quarteto Fantástico, X-Men e diferentes equipes de Vingadores. Mas está destacado aqui porque é um momento de vermos Sam Wilson voando imponente com o uniforme do Capitão América.

Soldado Invernal – O Inverno Mais Longo”, de Ed Brubaker e Butch Guice

Ed Brubaker é a mente por trás do Soldado Invernal como conhecemos hoje. Se, antes, era um parceiro literalmente juvenil e quase inofensivo, Bucky Barnes virou, graças a Brubaker, um espião com poderes, treinamento de assassino e super-herói barra pesada. Esta edição compila uma minissérie lançada em 2012 e que envolve espionagem em uma nação não muito amistosa aos heróis Marvel: a Latvéria, terra do icônico Doutor Destino.

Please follow and like us:

Escrito por

Pedro Cirne

Meu nome é Pedro, nasci em 1977 em São Paulo e sou escritor e jornalista - trabalho na Argus Media e escrevo sobre quadrinhos na TV Cultura.
Lancei dois livros: o primeiro foi "Púrpura" (Editora do Sesi-SP, 2016), graphic novel que eu escrevi e que contou com ilustrações 18 artistas dos oito países lusófonos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Este álbum contemplado pelo Bolsa Criar Lusofonia, concedido a cada dois anos pelo Centro Nacional de Cultura de Portugal.
Meu segundo livro foi o romance "Venha Me Ver Enquanto Estou Viva”, contemplado pelo Proac-SP em 2017 e lançado pela Editora do Sesi-SP em dezembro de 2018.
Como jornalista, trabalhei na "Folha de S.Paulo" de 1996 a 2000 e no UOL de 2000 a 2019.

Quer falar comigo, mas não pelos comentários do post? OK! Meu e-mail é pedrocirne@gmail.com

LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/pedro-cirne-563a98169