Um local para conversar sobre mangás, super-heróis, bandas desenhadas, historietas, underground comix, pichas e, claro, HQs brasileiras

RESULTADO DA PESQUISA PARA:
Exibindo: 1 - 10 de 59 RESULTADOS
BDs (europeus) Pichas (africanos)

Quadrinistas eternos: Como o humor de Wolinski criticou a sociedade

Em janeiro de 2015, cheguei para trabalhar e meu então chefe (Irineu Machado, um abraço!) me chamou enquanto eu ligava o computador: “Pedrão, houve um atentado a uma revista francesa de quadrinhos. Morreu um grande artista. Você deve conhecê-lo. Será que pode escrever algo sobre ele?”. O atentado, claro, foi à redação do “Charlie Hebdou”. …

BDs (europeus)

Quadrinistas Eternos: Goscinny e Uderzo são os únicos ingredientes da poção mágica que explica a maravilha que é Asterix

Cante a sua aldeia e você estará cantando sobre o mundo, certo? René Goscinny e Albert Uderzo falaram da França: de uma aldeia gaulesa que o Império Romano não conseguia conquistar. E, ao fazerem isso, conquistaram o mundo: a série “Asterix” foi traduzida para 111 línguas e já vendeu mais de 380 milhões de exemplares. …

Underground comix

Quadrinistas Eternos: os monstros imaginados e a imaginação monstruosa de Gustave Verbeek

Em um texto sobre formatos inusitados para histórias em quadrinhos, mencionei na semana passada “The Upside-Downs”, de Gustave Verbeek. Hoje vou abordar um pouco mais a vida dele, e também falar de outra grande obra desse “japonês-holandês-americano”: “The Terrors of the Toy Tads”. Antes de tudo, não custa relembrar “The Upside-Downs”: cada história é narrada …

Historietas argentinas Historietas argentinas

Quadrinistas eternos: Quino é um gigante e a maravilhosa Mafalda é “só” uma parte de sua obra

Quando eu tinha oito anos e estava na terceira série (hoje, quarto ano), a professora deu uma lição deliciosa: desenhar. Eu me esmerei. Cresci em uma casa com ótimas opções de quadrinhos (Quino, Tintim, Asterix e Lucky Luke) e amava desenhar. Fiz várias ilustrações com pombas e crianças pedindo a paz mundial. Fiquei muito feliz… …

Underground comix

Quadrinistas Eternos: o humor, o lirismo e o “derrotado” Charlie Brown nas tiras de Charles Schulz

Semana passada eu terminei de publicar uma série de artigos sobre 15 artistas contemporâneos que considero Quadrinistas Maravilhosos. Eles estão na ativa, e procuro seguir tudo o que fazem. Pois hoje vou começar uma série nova: Quadrinistas Eternos. Considerando tudo o que já foi produzido na nona arte, 15 é um número muito baixo para …