E começamos a semana com mais uma notícia boa para os quadrinhos brasileiros: o excelente “Escuta, Formosa Márcia“, de Marcello Quintanilha, foi eleito melhor quadrinhos estrangeiro no canadense Festival BD de Montréal.

Em março, o mesmo livro já havia sido eleito álbum do ano no Festival de Angoulême (França), um dos mais importantes do mundo.

Já comentei “Escuta, Formosa Márcia” aqui no Hábito de Quadrinhos. Então, só me resta dizer: parabéns, Marcello! É merecido!

Please follow and like us:

Escrito por

Pedro Cirne

Meu nome é Pedro, nasci em 1977 em São Paulo e sou escritor e jornalista - trabalho no Estadão e escrevo sobre quadrinhos na TV Cultura.
Lancei dois livros: o primeiro foi "Púrpura" (Editora do Sesi-SP, 2016), graphic novel que eu escrevi e que contou com ilustrações 18 artistas dos oito países lusófonos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Este álbum contemplado pelo Bolsa Criar Lusofonia, concedido a cada dois anos pelo Centro Nacional de Cultura de Portugal.
Meu segundo livro foi o romance "Venha Me Ver Enquanto Estou Viva”, contemplado pelo Proac-SP em 2017 e lançado pela Editora do Sesi-SP em dezembro de 2018.
Como jornalista, trabalhei na "Folha de S.Paulo" de 1996 a 2000 e no UOL de 2000 a 2019.

Quer falar comigo, mas não pelos comentários do post? OK! Meu e-mail é pedrocirne@gmail.com

LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/pedro-cirne-563a98169